PARALISAÇÃO: policiais civis e escrivães interrompem atividades por 48h
09/05/2017 - 19h17 em Notícias

 

O descaso para com a polícia sergipana mais uma vez se reverte em prejuízos à população. Não bastasse a paralisação das atividades pelos delegados, agora é a vez de escrivães e policiais civis interromperem as atividades no estado.

Desde as 8h desta terça (09) os servidores resolveram pela mobilização, como forma de protesto pelo atraso no pagamento dos salários, que vale ressaltar não se restringir à categoria.

Ante a “greve”, que terá duração de 48h, somente serão registrados casos de flagrante e exame de corpo de delito.

 

 

Reportagem: Iane Gois

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!